Ruínas da história de Machu Picchu

Ruínas da história de Machu Picchu

Perto da cidade de Cuzco-Peru, o extraordinário santuário histórico de Machu Picchu está localizado a 2.453 metros acima do nível do mar e rodeado de paisagens montanhosas, sendo uma das 7 maravilhas do mundo.

Machu Picchu já foi um importante palácio e santuário religioso para os Incas; agora é uma poderosa atração turística com suas portas abertas aos visitantes.

A cidade de Machu Picchu é considerada uma obra-prima de engenharia e arquitetura, com uma rica história que se estende por mais de sete séculos.

Se você planeja visitar o Peru, uma parada neste belo paraíso na terra é inevitável. Quer conhecer as ruínas da história de Machu Picchu? Continue lendo!

História e origem de Machu Picchu

Segundo dados históricos, esta cidade foi construída por volta do ano de 1450 pela ordem de Pachacutec.

O luxuoso complexo urbano foi construído entre as montanhas, o que o torna um espaço cheio de contato direto com a natureza. Anteriormente, era um lugar sagrado para os Incas, já que suas condições climáticas e a geografia desta área eram ideais para a agricultura.

Além disso, a cidade de Machu Picchu foi dividida em duas áreas: a área urbana onde se encontravam as casas e os recintos religiosos onde se encontrava o templo do sol; e uma área agrícola que tinha um terraço de culturas.

Ruínas de Machu Picchu

A cidade perdida foi encontrada em 1911 pelo explorador Hiram Bingham quando ele fez uma expedição a Huayna Picchu, e desde então ele começou a estudar o local em profundidade.

Pode-se dizer que a pessoa que fez a descoberta destas ruínas não era um arqueólogo profissional. No entanto, ele conseguiu o patrocínio da Universidade de Yale e da revista National Geographic para suas pesquisas.

Templo do Sol

As ruínas de Machu Picchu, como detalhado acima, estão divididas em zonas, uma das quais é a área urbana onde está localizado o Templo do Sol. O acesso a isto é feito através de uma área que contém os restos de antigos mecanismos de segurança.

Este templo tem um edifício principal que é conhecido como torre de menagem e foi usado para cerimônias relacionadas ao solstício de junho.

O templo é construído sobre uma grande rocha e embaixo está uma caverna onde supostamente as múmias deveriam ter existido.

Residência Real

Esta é outra das construções encontradas dentro das ruínas da história de Machu Picchu. Foi elaborado com o propósito de ser uma moradia não tão comum.

A porta que esta residência possui, dá acesso à primeira fonte da cidade e também ao Templo do Sol.

Ao visitá-lo, você descobrirá que ele possui dois quartos luxuosos, um curral e terraços privados.

Praça Sagrada

A Praça Sagrada também está localizada dentro da área urbana das majestosas ruínas de Machu Picchu. Este lugar tem algumas evidências muito curiosas, pois parece que foi utilizado para a prática de rituais diferentes.

Estes espaços têm um dos maiores edifícios destas ruínas, como o Templo das três janelas. É construído com paredes de pedra e o templo principal foi feito com blocos mais regulares.

Pirâmide Intihuatana

É uma colina onde seus flancos foram transformados em terraços, transformando este espaço em uma grande pirâmide com forma poligonal, e inclui também duas longas escadas que são utilizadas como estradas de acesso.

No topo dessas pirâmides há algo muito curioso: são construções de elite contendo pedras intihuatana, um dos objetos mais estudados de Machu Picchu. Esta pirâmide é considerada uma das mais sagradas de Machu Picchu.

Machu Picchu nos dias de hoje

Desde 1981, as ruínas da história de Machu Picchu foram nomeadas santuário histórico do Peru, e é responsável pela proteção de toda a área arqueológica que abrange a flora e a fauna dos que ali vivem.

É importante notar que desde 1983, este pequeno pedaço de terra foi designado como Patrimônio Cultural Mundial. Além disso, desde tempos mais recentes, aproximadamente 2007, ela tem sido uma das 7 maravilhas do mundo moderno.

Por esta razão, a cada ano há aproximadamente 1,5 milhões de visitas de turistas locais e estrangeiros que vêm para conhecer um lugar único no mundo.

Conclusão

Machu Picchu é um lugar cheio de curiosidades, algo que o torna majestoso, mágico e único. Prepare-se para embarcar em sua viagem e conhecer as ruínas da história de Machu Picchu, com várias áreas para explorar com a família ou amigos.

Visitar estas ruínas levará algum tempo, mas também valerá a pena conhecer de perto e pessoalmente estes santuários e eles lhe trarão muitas surpresas que o surpreenderão e deleitarão. Vá em frente!

Reserve conosco se você quiser uma visita à Trilha Inca ou qualquer destino no Peru, somos uma agência de viagens com muito reconhecimento na cidade de Cusco.

Todas las categorías
× ¿Cómo puedo ayudarte?